HORÓSCOPO INDÍGENA BRASILEIRO

 

PERSONALIDADE DO SIGNO DE BOTO


O Indianismo ensina que a divindade solar Uauira está ligada ao serviço de Guaraci, o sol, na forma de um boto defensor dos rios, mares e peixes. Regente do mês de março, Uauira engole suas vítimas quando elas abusam das águas e da fauna aquática. Os nativos de boto podem pautar com sucesso sua personalidade através de uma filosofia voltada para a proteção dos rios, mares e peixes. Devem evitar a passividade do elemento água, buscando a energia da divindade regente, nunca esquecendo que pertencem ao sol e que nele está o fogo de que precisam. Mandamento de Uauira: Não poluir rios e mares e nem destruir a fauna aquática. Significa dinamismo, o éter. Conta a lenda que Tamandaré tinha um filho. Este foi pescar na beira do rio. Era a época da piracema quando os peixes sobem o rio até à nascente para desovar. O boto Uauira, revoltado, apareceu e engoliu-o. Tamandaré mergulhou no rio e procurou o boto. Somente depois de três dias capturou-o e usou as próprias mãos para rasgar sua barriga. Conseguiu tirar o filho ainda com vida. Mas este, ante os olhos espantados da tribo, transformou-se na ave Tincoã, uma ave invisível que faz justiça. Uauira representa o elemento água. Não poluir rios e mares nem destruir a fauna aquática constitui o mandamento da Uauira.